16 setembro
0Comments

Metalizado nos pés

Tem alguns modismos que fazem um sucesso de vendas imediato. Cheguei a essa conclusão depois de passar em mais de dez lojas de sapatos notar nas vitrines modelos e mais modelos de tênis metalizados.

Talvez por aliar duas coisas que nós mulheres mais gostamos em um sapato: conforto e glamour.  Por isso separei ideias de looks para essa primavera gostosa que acabou de chegar.  Combinações bem despretensiosas como vestidos esvoaçantes, bermudas rasgadas, total jeans e saias godês.

 

32bf57e318904d9592f3200bee77ef37

2464f2cf4d2e9c5d20b104432a309379

9353f95a9d12c6ed5f1f2fa680354059

d42fb65beffa944042cff87af7ad8e88

99159d1841cb3926ea0bce4c1439c99e

896035370ba9e32021011e1d12351207

4ee33e19fbd33d31b40ff70ff1f6cdaa

beb217b157237abf9df8b73c6552d7e4

zina2

Basicamente uma Cinderela moderna com seu sapatinho de metal.

16 setembro
0Comments

Brilho para o dia

Porque não usar superfícies brilhantes de dia? Claro que sim, especialmente para as criativas e fashionistas de plantão que buscam ousar antes do sol se pôr.

Vale lembrar que o metalizado não vai ficar restrito aos tênis, sandálias e rasteiras. As roupas ganharam luz com tecidos como lamê, brocado e lurex. Um revival dos anos 70, época efervescente da  disco  music.

Qual a diferença dessa vez? O streetstyle mostra que a novidade é misturar com uma pegada bem esportiva, combinando com tênis e camisetas. As saias plissadas aparecem em profusão nas semanas de moda, aparecendo em tons dourados e pratas.

1d6c2b1358165eea7b787b9887aa7106

 

048f5d7f93075317adf62d321ad5e254

942d952d55a39e8683e26970e1de0fa3

98270a0e24ef64ac7cec9ea29c2cda4d

c7303a0d8ee6e591d852a6e142a024bb

e7c23a1846ac869fe60fe7797d8b9d23

 

Uma ultima dica é lembrar que não vale a pena investir nessas tendências passageiras, prefira peças de brechó (imagina encontrar uma saia dos anos 70 mesmo!) e assim estamos repensando o consumo.

09 setembro
0Comments

Como funciona a difusão da tendência de moda

A moda permite exibir através das roupas nossa posição social, cultural e em qual período histórico estamos vivendo. Ela é uma ferramenta de comunicação não verbal que possibilita apresentar ao outro quem somos e como vivemos. Mas se você acredita que nada disso tem relação com a sua vida, sugerimos observar os números dessa industria, pois uma em cada seis pessoas no mundo trabalha em algum setor da cadeia têxtil. Um investimento com rendimentos que chegam a trilhões de dólares todos os anos, divididos entre as milhares de marcas espalhadas pelo globo.

O sistema de moda permeia nossas relações sociais pós modernas e hoje, vamos te mostrar que qualquer peça que consumimos foi pensada por algum estilista muito antes de você consumi-la.

As tendências de moda são direcionamentos de consumo e elas existem desde os anos 60. A alta costura desfilava seus modelos, determinando alturas de calças, saias, modelagens, cores e estampas. Essas, por sua vez, comercializavam moldes prontos para as grandes lojas de departamento e assim uma silhueta era difundida à todas as camadas sociais. Com o advento da internet e da geração hiper conectada, vários e novos personagens roubaram a cena: blogueiros, redes sociais, compras com propósitos ecológicos e a necessidade de customização mudaram o mercado de tendências.

A mudança do calendário de desfiles é o melhor exemplo da velocidade em que vivemos: antes desfilavam duas coleções: primavera/verão e outono/inverno, como um tempo de seis meses para produzir as peças e apresenta-las ao cliente final. Hoje, no NYFW, marcas já operam no sistema see now buy now ( veja agora e compre agora).

Foi o que aconteceu com a camisa desestruturada, em evidência em desfiles como o da parisiense Vetements. A marca de oito designers, que entendem que trabalhar em equipe é mais prazeroso, levou seu streetwear para a semana de moda mais tradicional, chamando atenção e dando frescor às modelagem super amplas e sobreposições .

225854383447f15e7621f8517bbf066d

Vetements

eae4078edaf5c3793a4cd76b83d0cbe1

Já a marca Monse surgiu da união de dois estilistas da marca Oscar de la Renta. Kim e Garcia brincam com a desconstrução da camisa e agregam glamour às produções com tecidos requintados. Uma brincadeira com a modelagem que chamou a atenção dos fashionistas e ganhou editorias em revistas de moda.

02-monse-resort-17

04-monse-resort-17

0d8ae385fe9a7cfb44d015740fe4d805

97c0c839e243edc119f4551f3539632d

423f5bf9b6ba47f417977f9cc4ac4190

ded4b04ff9b4d5d35e9ffd49dfdb6440_1024x1024

mon2129

monse-resort-2017-fashion-show-the-impression-05

web-monse-rtw-spring-2016_0009_19

Inspirado nas marcas internacionais, Vitorino Campos desfilou no SPFW mostrando “amarrações e shapes orgânicos mais arredondados, misturados ou intercalados com efeitos de recortes numa composição interessante de volumes e sobreposições na linhagem streetwear contemporânea”, de acordo com Carol do FFW.

vitorinocampos-spfw-verao17-lookbook-15-654x983

vitorinocampos-spfw-verao17-lookbook-12-654x983

vitorinocampos-spfw-verao17-lookbook-10-654x983

vitorinocampos-spfw-verao17-lookbook-09-654x983

vitorinocampos-spfw-verao17-lookbook-07-654x983

Outras marcas apresentaram brincadeiras com as camisas e assim, as blogueiras e outras tredsetters (as primeiras pessoas que já aparecem nos blogs de streetstyle usando as últimas tendências de moda e influenciam toda a cadeira de disseminação de tendência) já consumiram as camisas desestruturadas.

c03f1fdf981b6f05dc15403df850f9b9

64cee1fa487c59c2fc798a05bacb5686

02ab750b9ed8c081acceb5e5667b9490

57687ed91cba614713275e3354118651

Assim a Vogue setembro 2016 já apresentou um editorial contendo essas camisas e as marcas brasileiras  fizeram  versões comerciais, mais enxutas e usáveis.

amaro

Amaro

large_24-01-0888_0002_ec_r

Animale

Agora faça o exercício de voltar na primeira imagem e se pergunte: “Quem usa isso”?  Você amanhã, é claro! Tudo o que temos no armário passou por esse processo todo de depuração, passou por milhares de pessoas, deu lucro para outras tantas, fechando o ciclo com o desejo de um novo shape de camisa.  A assim é a moda, seu desejo por essas camisas vai aumentar quando você entrar na Zara, Renner e Riachuelo e avistar milhares de opções como listradas, mangas longas e ombros à mostra… Espere e verás!

Veja bem vindo ao sistema de difusão de tendência de moda!

01 setembro
0Comments

Jaqueta para primavera?

É isso mesmo  a  jaqueta modelo bomber , que  possui malha sanfonada na barra e gola e  com zíper frontal, está em alta para a temporada primavera verão 2017.  A tendência começou nesse inverno aparecendo na passarela da Gucci e Prada e logo caiu no gosto das fashionistas, inspirada nos uniformes escolares o modelo ganhou novas versões para o verão.

Estampas florais, de tecidos finos como organza e chifon além de texturizadas como renda e lurex. A graça é servir como terceira peça para alongar a silhueta e conseguir sobreviver às diferenças de temperaturas do dia.

4de69d482dc66f19f2e743a0d2aed2a1

81a5ca948a5db4c140eb60d267fc1a65 713c9489a6ae6af7bab2cde79015b254

7252b602cfd12d7263d3e7f7571c63ec

8a31dcf70587c62cfca75139eac01e7f

9890dda479b2936bb909d2624700b847

67fb2b7c5471f838a243277b93a12bd9

7c6919a271955195096eda8841e2d513

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

c83646d281edd39da6fff6104abbca96

Vale usar com bermuda, saia, vestido e calça jeans. Uma pegada esportiva e que deixa o look mais interessante.

25 agosto
0Comments

Reaproveite seu jeans

A industria da moda é uma das mais prejudiciais ao meio ambiente.  Começando com a plantação de fibras naturais e a utilização de agrotóxicos,depois com terceirização da costura para países subdesenvolvidos que não possuem condições  aceitáveis de trabalho  e terminando com um produto que “dura” uma estação para o consumidor e a tendência de moda.

Mas um tecido em especial chama nossa atenção:Por exemplo, para a fabricação de uma calça jeans são consumidos  11 mil litros de água. Além dos produtos químicos na produção do tecido e na seu beneficiamento.

Hoje vamos dar uma nova perceptiva ao jeanswear, pois tudo que tem valor demais ( para planeta e para o consumidor) não merece ser desperdiçado. Existem diferentes maneiras de colocar a mão na massa e arrumar seu jeans “velhinho” . Colar diferentes tipos de tecido, costurando por cima e aplicando pachts são alguns exemplos.

No Japão, por exemplo, existe uma técnica chamada Boro, que significa “trapos esfarrapados” . Os camponeses no séc. XVII utilizavam  costurando camadas em cima de camadas, remendando buracos e fazendo pontos à mão para juntar os pedaços.

4d84b832f978d1bbd54b4e4edec7a166

f1a1baaa44bb776a09dd2acfeb31fcc8

0ed650e6ea5fb94de24359b55a00a58c

8655f52329d4d805964bec1911b264f7

 

2618831b20156a60abc95dc6eb497a31

112f4f12fd2cddad93e97980e4010db8

220314-jeans-pat-bo-5-400x600

594bba4e4964382e83ae14d9075cf2ca

c387038b8dcdc833c3ef96fcdf94f785

Casaco feito com técnica Boro

Kimono feito com técnica Boro

” O boro passa uma mensagem muito bonita sobre preservação, artesanato, a relação do homem com a natureza e um talento que foi capaz de transformar abrigo em arte” de acordo com Lucas Azevedo 

Vamos repensar nosso consumo e reaproveitar nosso jeans ? O planeta e as próximas gerações agradecem.